Menina de 12 anos estuprada pelo primo no Amazonas está grávida

Segundo a polícia, a gravidez só foi descoberta nesta semana, após a menina passar mal e ser levada pela mãe a um hospital local. Os médicos acionaram o conselho tutelar que levou o caso para à polícia.

Em depoimento á polícia, a menina contou que o primo é seu companheiro e que eles mantêm um relacionamento amoroso desde que ela tinha 10 anos, mas só começaram a ter relações sexuais há cerca de um ano. O primo mora na mesma casa que a menina e a mãe dela. 

O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

Vale lembrar que mesmo que haja suposto consentimento por parte da vítima relação sexual com menor de idade é crime de estupro de vulnerável.