Motorista de Wilson Lima ‘fura fila’ da vacinação contra Covid-19

O motorista do governador do Amazonas Wilson Lima, Geberson Oliveira Lima, também aparece na lista oficial dos vacinados contra o Covid-19. Geberson, de 37 anos, foi nomeado como assessor técnico da Casa Civil em janeiro de 2019.

O motorista do governador do AM aparece na lista de vacinados; Wilson Lima diz que vai exonerar
Na última semana, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS) estabeleceu os critérios de prioridade para a vacinação contra Covid-19 no Estado e não incluiu motoristas de autoridades.

O nome do servidor consta na lista oficial das pessoas que receberam a primeira dose da vacina Coronavac, Gerberson consta como vacinado na Unidade Básica da Família Senador Severiano Nunes, zona leste, no último dia 20 de janeiro, e como trabalhador da saúde. A função que ele exerce aparece como “outros”.

Na última semana, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS) estabeleceu os critérios de prioridade para a vacinação contra Covid-19 no Estado e não incluiu motoristas de autoridades.

São 11 níveis de prioridade. A lista inclui trabalhadores da saúde, inclusive auxiliares administrativos e de logística como maqueiros. Em todos os casos, a prioridade deve ser para profissionais com mais de 60 anos, profissionais diabéticos e que possuem comorbidades.

Os profissionais que atuam em Unidades de Terapia Intensiva, Semi-intensiva, Unidade de Cuidado Intenso – UCI, Sala de emergência que atuam na assistência direta a covid-19, têm prioridade máxima.Depois, os que trabalham nas’Salas Rosa’, os das enfermarias e leitos clínicos, trabalhadores de laboratório, coleta e processamento de material biológico.

No último sábado, a juíza federal Jaiza Maria Fraxe, do Amazonas, ao proferir uma decisão em uma ação movida por órgãos de controle federais e estaduais para obrigar o Município de Manaus a dar transparência à lista de vacinados contra a Covid-19, disse que “é fato público e notório os inúmeros desvios na distribuição e aplicação das vacinas que vem ocorrendo na cidade de Manaus, sendo destaque no noticiário nacional”..

A ação obrigou o Município de Manaus a publicar a relação das pessoas vacinadas. E tem como autores os Ministérios Públicos (Federal, do Trabalho, do Amazonas, e junto ao Tribunal de Contas do Estado), Defensorias Públicas da União e do Amazonas.

Fonte: 18 horas Rádio Mix