Bolsonaro é criticado ao posar com Sikêra Jr e exaltar um CPF cancelado

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido), posou para uma foto para lá de desrespeitosa ao lado de Sikêra Jr., que segurava em mãos um CPF gigante escrito “cancelado”. No momento em que o país contabiliza mais de 380 mil mortos pela covid-19, a imagem viralizou nas redes sociais e foi vista como um sinal de deboche à população.

Bolsonaro participou do programa de Sikêra Jr., “Alerta Nacional”, na última sexta-feira, 23. A placa de CPF cancelado segurada pelo presidente e pelo apresentador é uma comemoração que grupos de extermínio fazem quando alguém é assassinado, geralmente, por um grupo inimigo.

Em um momento em que milhões de brasileiros vivenciam de perto a morte, seja de um amigo ou de um ente querido, tal imagem não cai bem no gosto popular.

Fonte: Catraca Livre