Doze trabalhadores são resgatados em condições análogas à escravidão no Amazonas

Doze trabalhadores foram resgatados no interior do Amazonas em situação análoga à escravidão. O resgate foi feito por agentes da Polícia Federal, às margens do Rio Guariba, no extremo sul do Amazonas. Uma pessoa foi presa.

Segundo os agentes, os trabalhadores estavam sem receber salário, viviam sem água potável e com comida escassa no local. Além disso, ficou constatado que onde eles estavam sendo explorados se tratava de propriedade da União.

O Ministério Público do Trabalho e a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (DETRAE/SIT) foram acionados e estão tomando as medidas cabíveis em relação aos trabalhadores.

De acordo com a PF, as investigações continuam em inquérito policial já instaurado para apurar possíveis envolvidos nas práticas criminosas de redução a condição análoga à de escravo, e usurpação de terras públicas. As penas, somadas, podem ultrapassar 10 anos de prisão.

__ __ __

Foto: Polícia Federal

Por G1 AM