Secretaria da Educação volta atrás e aulas presenciais retornam em Tabatinga nesta quinta-feira (20)

As aulas presenciais em Tabatinga, no interior do Amazonas, voltaram nesta quinta-feira (20). Elas estavam marcadas para retornarem na quarta (19), mas a representação da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) no município afirmou que a volta só se daria no dia 31 de maio.

Segundo a Seduc, o adiamento foi motivado pela falta de estrutura das escolas estaduais para receber os alunos. No entanto, ainda na quarta (19), a secretaria emitiu um comunicado confirmando o retorno.

Por enquanto, as aulas ocorrerão em sistema de rodízio, com parte dos alunos em sala de aula e parte acompanhando à distância.

Conforme apurou a Rede Amazônica em Tabatinga, professores da rede pública de ensino, reclamavam também que as escolas não atendiam as medidas sanitárias contra a proliferação da Covid-19 no ambiente escolar. Os profissionais disseram que faltavam ainda merenda escolar nos estabelecimentos.

Os pais também seguem preocupados e têm procurado as escolas para tirarem dúvidas sobre o retorno do ano letivo. Segundo alguns gestores, a intenção é reunir com as famílias para explicar a volta às salas de aula.

Em nota ao G1 na quarta-feira (19), a Seduc disse que estava averiguando as denúncias de que escolas de Tabatinga não retornaram as atividades. Segundo a secretaria, o órgão irá adotar medidas cabíveis para fazer valer o decreto do Governo sobre a retomada do ano letivo.

*Colaborou Roney Elias, da Rede Amazônica.

*Por G1 AM