Preso suposto serial killer que atraía gays por apps de namoro em Curitiba

Um homem de 32 anos foi preso suspeito de cometer assassinatos em série de homossexuais no Paraná. De acordo com a Polícia Civil, dois crimes aconteceram em Curitiba e um em Aberlado Luz, em Santa Catarina.

O serial killer também tentou matar uma quarta vítima, em Curitiba, no último dia 11. De acordo com a polícia, o suspeito atraía as vítimas por aplicativo de namoro.

Ele ganhava a confiança através de troca de fotos e praticava o crime na casa das vítimas e depois as roubava. “Conversamos com alguns conhecidos, familiares, ex-companheiras deste procurado e a gente conseguiu, de modo superficial, achar que ele deve possuir um distúrbio psiquiátrico, ele se enquadra como um psicopata. Ele também pode ser classificado como um serial killer”, disse o delegado Thiago Nóbrega ao Uol.

“Perante a sociedade, [ele é] um indivíduo carismático, educado e gentil, porém se transformava em violento quando ingressava no apartamento das vítimas”, afirmou.

__ __ __

Foto: Reprodução

Por Portal do Holanda