Lideranças estudantis comemoram passe livre no transporte coletivo

Benefício alcança alunos das redes municipal e estadual e é uma luta antiga de movimentos estudantis da capital

Manaus (AM) – Conquista inédita após anos de lutas e reivindicações, a gratuidade da passagem de ônibus concedida, a partir deste ano, para 470 mil estudantes da rede pública do Ensino Fundamental e Médio em Manaus vem sendo celebrada por alunos e lideranças de movimentos estudantis.

  O benefício foi assegurado por meio de um convênio assinado, em dezembro do ano passado, pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, e pelo prefeito de Manaus, David Almeida, no valor de R$ 156 milhões.  

O passe livre estudantil vai alcançar estudantes de escolas estaduais e de unidades municipais.

Realmente é uma luta de muito tempo. A gente sempre lutou não só para que tivesse a meia-passagem, mas queria que tivesse o passe livre, para que o estudante possa, de fato, conseguir estudar, ter tranquilidade nesse sentido. A gente acha muito louvável que o passe livre esteja sendo implementado agora.”

Raiane Alencar, presidente da União Estadual dos Estudantes do Amazonas (UEE)

Ela ressaltou ainda que o benefício chega em um momento de recuperação econômica, uma vez que muitas famílias perderam a fonte de renda em decorrência da pandemia de Covid-19.

A gente está passando por um momento triste ainda, estamos em pandemia. Os estudantes estão deixando de estudar para poder trabalhar, porque os pais ficaram desempregados com essa pandemia. Essas realizações como o passe livre dão esperança que isso possa melhorar.”

Raiane Alencar, presidente da União Estadual dos Estudantes do Amazonas (UEE)

Para a presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Bruna Brelaz, a gratuidade tem papel importante no combate e na redução dos índices de evasão escolar.

Nascida em Manaus e morando atualmente em São Paulo, ela destaca que o passe livre também amplia o acesso dos estudantes a outros direitos.

Essa conquista é fruto de muita generosidade e entendimento de que essa é uma pauta tão importante que garante o acesso à educação e à cultura desses jovens. Então a gente parabeniza essa conquista enorme, ainda mais vindo de um prefeito e de um governador tão jovens. Isso vai garantir que milhares de estudantes continuem indo para a escola, passem a ter acesso à cultura, ao esporte ao lazer.”

Bruna Brelaz, presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE)

O governador Wilson Lima enfatizou que a gratuidade é um incentivo capaz de motivar os estudantes a recuperarem o período em que estiveram ausentes fisicamente das escolas.

Essa é uma parceria importante para beneficiar uma categoria que foi muito prejudicada por conta da pandemia, ficaram quase um ano sem estudar, e a gente precisa recuperar isso. Muitas pessoas tiveram perdas irreparáveis, muitas perderam empregos, a fonte de renda. Nesse momento é importante que o Poder Público dê as condições para que as pessoas possam reerguer suas vidas, suas atividades.”

Wilson Lima, governador do Amazonas

Redução de gastos

Aluna do terceiro ano da Escola Estadual Ruth Prestes Gonçalves, a estudante Vitória Souza, 16, reforça que o benefício tem impacto significativo no orçamento familiar.

Isso é realmente muito importante para a gente. Pesa bastante (o preço da passagem) sim, pelo menos para mim. A gente tira quase R$ 100 e faz muita diferença. Quero agradecer aos estudantes secundaristas pela luta de anos. Isso é uma conquista muito grande para a gente, de muito tempo de luta. A gente se sente muito feliz, muito realizada.”

Vitória Souza, estudante

A alegria é compartilhada pela estudante Raissa Silva, 16, da Escola Estadual Agnello Bittencourt.

Tinha que separar o dinheiro e tinha dias que eu não tinha o dinheiro da passagem, acabava faltando aula. Isso facilita muito a minha vida para ir para a aula todos os dias. Eu perdia coisas importantes, eram dias muito específicos que tinha prova e alguma coisa importante da aula. Era um gasto muito grande por mês.”

Raissa Silva, estudante

Fonte: Em tempo