Famílias desenterram frangos estragados do lixão para se alimentar no Amazonas

Manaus/AM – Dezenas de famílias se uniram no lixão municipal de Humaitá, no interior do Amazonas, na quarta-feira (12), para desenterrar as cinco toneladas de frango que haviam sido apreendidas pela Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), por estarem sendo transportadas fora da temperatura correta de armazenamento. A medida da Adaf teve objetivo de impedir que consumidores ficassem com a saúde em risco.

A carga havia saído de Rondônia com destino a Canutama, mas acabou sendo apreendida em Humaitá, devido aos frangos não estarem em um caminhão adequado para que o alimento não estragasse, vindo a causar infecção alimentar, como dores e desconfortos abdominais, náuseas, vômitos, diarreia e febre, entre outros sintomas. 

Um site local afirmou que o hospital já emitiu um alerta sobre um possível surto de infecção em pessoas que vierem a consumir.

Fonte: Portal do Holanda